16.10.08

Roda Gigante

Em cada cabine tem um sentimento.

Todos sobem e descem. Horário e anti-horário.
Alguns demoram para chegar ao topo, aliás ao extremo.
Ficam por longo tempo ou passam ligeiramente.
Eles ocilam.
Eles sobem e descem.
Dão tontura e vertigem. Sintomas possíveis de uma aventura sem fim.
Roda gigante caracteriza bem um dia na minha cabeça e coração.
Roda gigante roda nessa minha pequenez.

1 comentários:

»»Luh Kururu«« disse...

Que lindoooo...

Passando para uma visitinha básica...

Beijocassss...

 
BlogBlogs.Com.Br