11.11.09

Cromossoma XX da Geração Y

Lendo alguns artigos corporativos, vejo mesmo que sou da "dita" geração Y:

- Faço o que gosto. Mas não basta; dei a cara por necessidade, por vontade e com sorte/merecimento, consegui fazer o que gosto. Mas não basta ter minha sonhada formação concluída, um salário mais bacaninha – afinal de contas tenho contas e minhas singelas extravagâncias. Sim, são singelas.

- Sou impaciente; por natureza e também porque já cultivo cabelos brancos e experiências substanciosas pra escrever no mínimo uns quatro contos. Bem contados... Preciso mais experiencias e historias pra apresentar, por isso apresso o passo, adianto relógio em 10 minutos e vamos que vamos.

- Tento ser multi funcional; às vezes acho que não tenho pensamentos e tarefas acumuladas e vou querendo mais e mais. Fora a “assessoria” de assuntos aleatórios, desnecessários, afetivos e geográficos que presto aos amigos.

- Tenho valores fortes; vai dizendo que sou isso ou aquilo, sem argumentos ou sem no mínimo saber que sou. Ok pode chamar de teimosia, mas não é não.

- Gadget Girl, Google Girl, Geek and whatever 3.0; gosto de estar informada, saber de novas tecnologias e desvendar interfaces. Mesmo que tudo isso não tenha haver com o que preciso, lá estou a apresentar mais uma tranqueira digital, para alguém.

- Aprender e ensinar; essa descrição basta por si só.

- Pensamento social e ambiental; não sou a favor de super lotação em transportes públicos. Quantidade de gente por cm³ tem limite... Vejo a necessidade de melhorias no transporte coletivo e outras tantas na cidade e no país – infelizmente melhoria é o que falta. Reflito sobre políticas públicas sem orientações partidárias. Quanto ao meio ambiente... Mesmo não tendo o menor saco pra passarinho piando/cantando na janela às 6h da matina, respeito o meio ambiente. No mínimo reciclo e promovo a utilização e reaproveitamento de recursos naturais. Porque por mais que soe clichê “quero deixar um mundo mais verde para outras gerações.”.

Ilustrações de Miles Donovan

5 comentários:

Maldito disse...

è um estudo um tanto interessante!
inté!

Naty Dezoti disse...

Eu sou da geração PNC.
É, paunocu mermo!
Ahahahaha

Pequena Infante disse...

Gostei! Também me identifiquei bastante ;)

Marcia Paula disse...

Mesmo com algumas dúvidas sobre ser uma google girl ou coisa e tal me encaixo nesse perfil sim, interessante mesmo é que nunca ouvi falar em Y ou XYZ.Beijos.

Muitas Palavras disse...

interessante!

 
BlogBlogs.Com.Br